×

Sistema de Obrigações Regulatórias

“Uma Solução Regulatória Completa”

O que é o Sor.?

O Sor. representa uma Solução embarcada ORACLE e SAP com o atendimento a todos os requerimentos do Sistema Elétrico Brasileiro regulado pela ANEEL.

Verificação a adequação dos Procedimentos de Regulação Tarifaria – PRORET

Adequação dos documentos e informações pertinentes ao objeto da fiscalização pela ANEEL

Conciliação das sobras físicas, consolidações dos registros de almoxarifados

Adequação às taxas de depreciações e saldos residuais, apuração de quantitativos e unidades de medidas, aderência ao Banco de Preços, ajustes nos prazos e datas para as devidas unitizações

Minimizar a diferença entre valores da base de remuneração blindada em desacordo com os valores fiscalizados no ciclo anterior

Benefícios do Sor. para o Setor Elétrico

Automatização da classificação patrimonial e contábil de projetos de obras

Integração entre as áreas técnicas da companhia com o vínculo e projetos técnicos em soluções compostas em níveis hierárquicos

Agilidade e transparência dos processos contábeis em todas as etapas do planejamento e execução de projetos técnicos

Uniformização da relação companhia/consumidor, com o total atendimento aos parâmetros regulatórios de apuração de participações financeiras do consumidor e empresa

Redução de inconsistências na base de remuneração e a total transparência na gestão contábil da obra

Correta classificação de investimentos

Assimilação das necessidades regulatórias da concessionaria

Atualização permanente do cadastro técnico e sua correspondência contábil, para obtenção de melhor relação entre investimento realizado e recuperação tarifária

Ciclo de Vida da Gestão de Ativos

1. PLANEJAMENTO

  • Registro da Demanda do Pedido de Projetono SGO;
  • Levantamento de Requisitos de Projetos;
  • Qualificação do Pedido;
  • Interface com o Sistema Técnico (RD/LT) para planejamento detalhado da obra;
  • EAP – Estrutura Analitica de Projeto;

2. GESTÃO DE ATIVOS

  • Gestão patrimonial em todas as fases do projeto (Classificação MCPSE);
  • Orçamentação automática de projetos;
  • Gestão de níveis regulatórios de COM e CA;
  • Incorporação de projetos de terceiros;
  • Consolidação de projetos solução em níveis distintos executivos;

3. EXECUÇÃO DE PROJETO

  • Execução Física/Financeira, Contábil e Patrimonial dos Projetos;
  • Apropriação de todos os custos adicionais (COM/CA)
  • Gestão do AIC conforme MCPSE, Razão de Obras, Banco de Preços;

4. FECHAMENTO DE PROJETO

  • Conciliação Físico (X) Contábil, Conciliação de Fornecedores, Conciliação Fundiaria;

5. UNITIZAÇÃO

  • Unitização, tranferenciado AIC para o AIS;
  • Depreciações;
  • Dossiê/ Laudoda Unitização;
pt_BR
en_US pt_BR